Patrulha Maria da Penha combate a exploração sexual de crianças e adolescentes

Patrulha Maria da Penha integrou operação conjunta de forças de segurança no País.

0
COMPARTILHAMENTOS
13
VISUALIZAÇÕES
Publicidade Publicidade

As equipes da Patrulha Maria da Penha (PMP), da Guarda Municipal do Natal e da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, atuaram em ação conjunta, na Operação Parador 27, que aconteceu simultaneamente em todo o Brasil com o objetivo de combater o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes em locais de vulnerabilidade por meio de ações integradas de prevenção, inteligência, fiscalização e de repressão.

As ações foram coordenadas nacionalmente pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e a nível estadual contou com a coordenação da Polícia Rodoviária Federal, das Secretarias de Segurança Estaduais, das Polícias Civis e Militares dos 26 Estados e do Distrito Federal.

A Supervisora Ester, Coordenadora da Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal de Natal, explicou que em Natal a ação foi executada juntamente com a equipe da PM, sob o comando da Tenente Coronel Soraya. O foco da atuação se deu em locais previamente selecionados pelo setor de inteligência, onde havia indícios da prática de exploração sexual de crianças e adolescentes. Ela conta que durante esse período foram feitas ações educativas durante o dia e, alternadamente, à noite as ações eram ostensivas, com incursões, abordagens e orientações em diversos locais, entrando pela madrugada, horário identificado como o mais propício para essa prática criminosa.

Ester disse ainda que chamou a atenção da equipe a aprovação da população, que espontaneamente faziam comentários elogiando a atuação conjunta e forma de abordagem das forças de segurança durante a operação, e complementa: “Esse tipo de ação deveria ocorrer com mais frequência.”

A Operação Parador 27 tem esse nome em referência ao local de parada usados por caminhoneiros, onde no entorno há pontos de prostituição e aos 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal.

Imagem: Semdes

Fonte: Prefeitura de Natal

Publicidade
Lúcio Amaral

Lúcio Amaral

Lúcio Amaral é jornalista e advogado pós-graduado em Direito e Processo Trabalhista. Certificado de Estudos Aprofundados em Psicanálise. Ganhador do II Prêmio de Rádio e Jornalismo em Saúde e Segurança do Trabalho, promovido pelo MPT em 2008.

Próxima Notícia

Comentários

Conectado no JOL RN

Publicidade

Últimas Notícias